Lançamento do livro Dançando com a Lua de DeAnna L’Am


Toda Mulher É Cíclica!
Você já pensou nisto?
Sua mãe iniciou o fluxo dela mais ou menos na época que ela tinha a sua idade, e assim foi com sua Avó, e a mãe dela, e a mãe dela…
E assim é com todas as meninas e mulheres que já viveram, que estão vivendo agora, que viverão um dia em nossa Mãe Terra: podemos ter outras diferenças, mas todas somos cíclicas por muitos, muitos, muitos anos de nossas vidas.
Estamos todas conectadas: mulheres do passado, do presente e do futuro,
pelo Fio Vermelho de nosso Fluxo da Lua, nosso Tempo de Sangrar, nossa Menstruação…
Seja qual for o nome que você dê a isso, é uma experiência que toda mulher compartilhou, está compartilhando ou vai compartilhar com você!
De modo mais íntimo, esta é uma conexão que você compartilha com sua Linhagem Materna:
Sua Mãe,
A Mãe Dela (sua Avó),
A Mãe Dela (sua Bisavó),
A Mãe Dela (sua Tataravó),
e assim por diante pelas gerações de suas Ancestrais, que foram todas meninas que se tornaram mulheres quando receberam seu Fluxo…
Se essa é uma parte absoluta de nossas vidas como mulheres, por que não falamos disso???

Trecho do primeiro livro de DeAnna L’am a ser publicado em português.


 DeAnna L’am é visionária do útero e dá cursos e treinamentos no mundo todo sobre o empoderamento por meio da menstruação e também sobre a menopausa. Ela resgatou a tradição das Tendas Vermelhas e criou o movimento Tendas Vermelhas em Cada Bairro, que já tem presença em muitos países.

Autora dos livros Becoming Peers – Mentoring Girls Into Womanhood (ainda sem data para publicação no Brasil) e A Diva’s Guide to Getting Your Period, que no Brasil se chamará Dançando com a Lua – uma companhia para a chegada do ciclo menstrual e que será lançado em novembro, junto coma a primeira vinda de DeAnna ao Brasil.

O livro é direcionado para meninas na idade da menarca mas também encanta mulheres que não tiveram acolhimento nesse momento de suas vidas. A versão brasileira tem lindas ilustrações originais de Julia Larotonda e tradução de Tatiana Guedes, conta com projeto editorial de Lucia Helena Nardi, projeto midiático de Marina Junqueira e com coordenação de Danielle Felippe.

Para viabilizar o lançamento do livro, a equipe fez uma campanha de financiamento coletivo no Catarse, que fica ativa até dia 27 de setembro.


Você conhece uma menina de 8 a 14 anos? Você é mãe, pai, avó, tia, professora de uma menina que está desabrochando em mulher? Precisa de ajuda pra apoiá-la nesse rito de passagem?

Contribua com nossa campanha e receba o seu livro impresso ou em formato digital em novembro!





Um comentário:

  1. Adorei saber que nesse mundo movimentado existe mulheres ciente de suas origens

    ResponderExcluir