Uma Diva Fora da Caixa

“Você não pode fazer isso!” disse Samantha.
Estávamos na cozinha de sua casa em São Paulo, Brasil, tomando chá e falando do meu livro para meninas, A Diva’s Guide to Getting Your Period.

Originalmente escrito em inglês, o livro foi traduzido para sete idiomas. Ele tem um título diferente em cada país (escolhido de acordo com a sugestão de cada tradutora) e diferentes ilustrações, criadas por uma artista local em cada país.

Por ser jornalista, Samantha achou que isso não era uma boa ideia.
“As pessoas não saberão que é o mesmo livro”, ela disse. “Elas verão uma capa diferente, com um título diferente, e pensarão que são sete livros diferentes. Por que você fez isso?”, ela perguntou.

Porque eu honro as mulheres. Eu valorizo sua criatividade e seu talento únicos e sua compreensão de sua própria cultura.
Todas as tradutoras com quem eu trabalhei não estavam seguras de que usar “Diva” no título seria uma boa ideia. “Diva” foi escolhido para o título em inglês pela maioria das garotas nos EUA que pedimos para opinar. Elas amaram a ideia!
Sim, soa diferente em outros idiomas. “Diva” tem muitas conotações, que variam de cultura para cultura.

Eu valorizo profundamente a compreensão do idioma que minhas tradutoras têm e a compreensão delas da cultura onde cresceram. Se uma tradutora me diz que uma determinada palavra no título não é uma boa em seu país, eu ouço o que ela diz.

Eu escolho deixar que cada tradutora e cada ilustradora usem sua maneira única de expressar as similaridades entre as mulheres!
Inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, português, hebraico, árabe – os idiomas são escritos assim em português.

Mas veja isto:
English, Español, Italiano, Français, Deutsche, Português, عربى,עברית

Cada idioma tem sua própria ortografia, sua própria pronúncia, mas o SIGNIFICADO dessas palavras é o mesmo em todos os idiomas.

Mas essa unidade de diversidade vai ainda mais longe:
algumas vezes, uma tradução INTERPRETATIVA expressa a mensagem de maneira MELHOR do que uma tradução LITERAL.

Decidimos pegar a mensagem do livro e vesti-la com roupas diferentes para cada edição e idioma:

A Diva's Guide To Getting Your Period tornou-se:
O Fio Vermelho, em francês,
De Donzela a Mulher, em italiano,
Filhas da Lua, em árabe,
Garota, Donzela, Mulher, em hebraico,
Dançando com a Lua, em espanhol, alemão e português.

Que riqueza poética!
Cada língua tem uma maneira única de expressar um conceito semelhante.
E isso é exatamente o que eu queria criar com o Diva’s Guide!

Um mosaico de imagens e títulos, todos transmitindo a mesma mensagem:
cada um a sua maneira, cada um abordando mulheres e meninas de uma cultura específica, com seu próprio clima emocional, expressando a mesma mensagem apaixonada em diferentes palavras!

Como disse Samantha, talvez não seja fácil perceber que são o mesmo livro. É preciso olhar com mais atenção para ver isso.
Talvez Samantha também esteja certa quando disse que o foco é removido de mim, como autora, e passado para a nova capa ou título. E para mim está tudo bem assim :)

O livro não é meu respeito, como autora. Ele trata da mensagem e da melhor maneira de expressá-la em cada idioma e cultura.

Nós, mulheres, estamos conectadas pelo pulsar de nossa vida cíclica.
Expandimos e contraímos com a lua, desde nosso primeiro sangue, até o fim de nossas vidas. Continuamos sendo cíclicas mesmo depois da menopausa, de maneira sutil mas poderosa.
O ritmo é compartilhado por nós e vai além de nossas diferenças.
As diferenças de cultura, religião, crença, educação ou convicções não são nada quando comparadas a nossa experiência cíclica compartilhada.

Compartilhamos uma dança mensal e estamos conectadas por ela. Vamos expressar essa conexão no máximo de cores, imagens, idiomas, títulos e formatos possíveis!

DeAnna L’Am

Tradução: Taty Guedes

Nenhum comentário:

Postar um comentário