Na menopausa a lua muda de cor


Desde nosso primeiro sangue menstrual até o fim de nossas vidas, expandimos e contraímos com a lua.

Mas e na menopausa? 
Nós paramos de acompanhar os ciclos da lua?
Não exatamente …Nós paramos de sangrar, mas continuamos expandindo e contraindo, continuamos sendo lunares em nossa essência. Temos uma profunda conexão com a lua, mesmo se não temos consciência disso! mas, na menopausa, a lua muda de cor! 

Na menopausa, a mulher não está mais conectada a sua pipa por um fio. Na menopausa, ela se torna a pipa! Ela toma voo de dentro. Ela pega o vento. Ela pode pousar e decolar quando quer. Ela ainda é um Ser Lunar, mas sua lua torna-se Roxa.

Vermelho inicia o espectro de luz e roxo encerra.
Vermelho é a cor de nosso sangue, de novos começos, de fluir. 
Roxo é a cor de nossa coroa, de encerramentos, da Rainha.

O que você escolhe?

Durante seus anos menstruais, a mulher caminha por sua vida conectada à lua como se fosse sua pipa pessoal. Essa pipa pega as ondas de vento mensalmente e, quando faz isso, ela puxa sua mão, e seu corpo, pelo fio que conecta vocês.


Mulheres são seres lunares.
Seguimos dançando com a lua por toda a nossa vida.
Na Lua Vermelha, menstruamos, ovulamos e dançamos nossas vidas como mulheres cíclicas.
Na Lua Roxa, guardamos nosso sangue e nossa magia dentro de nós e dançamos nossa vida como Mulheres Sábias, tomando nosso lugar como Anciãs Espirituais!

Ser Lunar é nossa maneira de ser. É a maneira como o sistema feminino funciona.

A Lua Vermelha nos atrai, assim como faz com os oceanos, criando as marés. Ela puxa o sangue de nossas veias, puxa a água de nosso corpo, puxa o sangue de nossos úteros. Ela cria marés de inchaço em nossos humores, nossas emoções, nossa psique. Podemos dançar com essas mares ou lutar contra elas, a escolha é nossa.

Na menopausa, a lua muda de cor!

Roxo é a cor da realeza. A cor da sabedoria e a cor de nossos anos de sabedoria.
Quando sangramos, dançamos seguindo o ritmo da lua. Na menopausa, começamos a dançar seguindo nosso próprio ritmo.

Nos movemos do Vermelho do sangue para o Roxo da realeza, do sangue da vida para a sabedoria das gerações. Vamos da espiral sob a Lua Vermelha para o brilho interno da Lua Roxa.

A lua é nossa natureza e, como a natureza, ela muda de cor com o passar do tempo. Como uma flor aprofunda suas cores quando amadurece, como o vinho aprofunda sua tonalidade com a idade, nossa Lua vai do Vermelho da ciclicidade ao Roxo da Realeza. E, assim como acontece com tudo, temos a opção de estar conscientes e tomar posse dessas mudanças, ou não.

DeAnna L'Am

Tradução: Taty Guedes



Em novembro DeAnna L'Am vai estar pela segunda vez em São Paulo- Brasil e irá oferecer a 1a Certificação da Lua Roxa: a Menopausa como uma Jornada Espiritual.

Quer fazer parte? 
Saiba mais aqui e registre-se: bit.ly/CursosDeAnna2019 
Entre em contato: tendavermelhabrasil@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário